Dubitando, ad veritatem parvenimus... aliquando! Duvidando, chegamos à verdade... às vezes!
 
Cristo Rei, os da Direita e os da Esquerda

O que é, realmente, ser da Direita ou ser da Esquerda?

Se todos fôssemos santos, entender-nos-íamos uns com os outros e assim resolveríamos os nossos problemas. Para nós, bastaria o poder de Cristo Rei e nem sequer precisaríamos de algum poder terreno. As nossas ações não seriam menos honestas por não termos algum fiscal a controlar-nos. Isso é que é ser da Direita.

Como somos muito pecadores, não nos entendemos uns com os outros e passamos o tempo a competir para ver quem consegue tramar mais o próximo. Precisamos de um poder terreno que meta ordem em nós e que resolva os problemas que nós próprios deveríamos resolver. Acontece que também o poder terreno é exercido por pecadores, que precisam de alguém que meta ordem neles, e assim sucessivamente... Perdemos o sentido da existência e vivemos para o materialismo dialético, como gado do deus Estado. Passamos a ter politburos, podres de riqueza e de privilégios, e as massas, vivendo das migalhas caridosas que caem da mesa dos politburos. Isto é ser da Esquerda.

«Viva Cristo Rei!», gritaram muitos mártires, antes de serem executados por crentes da Esquerda.

Topo da página
DVBITANDO, AD VERITATEM PARVENIMVS... ALIQVANDO!